Caros leitores ou não, nos ajude a piorar melhorar o site nos dando a sua opinião respondendo um rápido questionário de 4 perguntas sobre o FAIL TOTAL. Só clicar na imagem abaixo Ou aqui.


Ou aqui

O cafajeste Moderno.

O verdadeiro Cafajeste Moderno não faz um único tipo, mas sim TODOS OS TIPOS.

Ele pode ser qualquer coisa, exatamente qualquer coisa, desde que isso implique em uma transa. Pode ser machão, pode ser mais feminino, pode até fingir que é mais velho ou mais novo. Tanto faz. O importante, mesmo, é o sexo.

O Cafajeste Moderno é amigo, ou inimigo (nos casos em que a briga gera uma tensão sexual), é amante das artes, é alternativo ou segue modinhas. Ele não liga. Para efeito de conquista e transa, ele se adapta ao meio. E com maestria.

Enquanto um amador finge que gosta de bossa nova só para agradar à moça, o Cafajeste Moderno não somente se transforma num amante do ritmo, com também aparece com violão debaixo do braço e pelo menos umas vinte canções decoradas.

A grande falha de caráter do cafajeste moderno é que ele gosta de mulher ao ponto de não se contentar com uma. Nem com duas. Ok, nem com três ou quatro. E isso não é algo que muitas aceitam, de modo que é preciso, vez por outra, fazer as coisas de forma não exatamente explícita.

Como já dito na introdução, ele não é como o Antigo Cafajeste, que simplesmente odiava mulher (Freud explica...). O Cafajeste Moderno as adora e é realmente amigo; além de conversar muito bem.

Ele é esperto que, quando desmascarado, não perde tempo com negativas idiotas. Simplesmente congratula a mulher pela perspicácia, assume que tudo é verdade, mas não desiste. E, em muitos casos, tal "sinceridade" acaba dando bons resultados.

É difícil encontrar conceitos para explicar, de forma sintética, o que é o Cafajeste Moderno. Mas, a essa altura, é provável que todos os leitores, homens ou mulheres, já saibam muito bem de que tipo estamos falando.

Então, é isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário